Afinal, como é o tratamento de varizes com espuma?

Cada vez mais popular no Brasil, o tratamento de varizes com espuma é uma excelente opção para quem quer eliminar varizes grossas de uma maneira simples e sem cirurgia. Entenda mais sobre este procedimento.

Mas, antes de falar sobre o tratamento, vamos entender melhor o que são varizes e como elas surgem.

O que são varizes?

As varizes são veias veias dilatadas e tortuosas que aparecem nas pernas devido a um retorno venoso inadequado.

 

Mais de 70% da população brasileira sofre com problemas de varizes e a causa, geralmente, está associada à predisposição genética. No entanto, no caso de mulheres, que são as mais afetadas por este tipo de problema, o uso prolongado de contraceptivos é também outro fator, bastante comum, no surgimento de varizes.

Estima-se que a 100 mulheres, 32 sofrem com surgimento precoce de varizes, devido ao uso de anticoncepcionais. Além disso, permanecer muito tempo em pé ou sentada, sedentarismo e obesidade são outros fatores de risco.

Os principais sintomas dessa má circulação são dores, cansaço nas pernas, inchaço e queimação, e quando não tratada pode levar a problemas mais severos, como trombose.

Com funciona o tratamento de varizes com espuma?

Até pouco tempo, o tratamento mais comum para eliminar varizes era por meio de cirurgia. Hoje em dia, existem tratamentos menos invasivos e mais tranquilos de resolver o problema, como a injeção de espuma.

O tratamento de varizes com espuma, também conhecido com escleroterapia ecoguiada, é feito por meio de um líquido chamado polidocanol que, ao ser manipulado na seringa, forma uma espuma especial.

Com a ajuda de um aparelho ultrassom, o médico injeta a substância direto na veia afetada do paciente. A espuma é responsável por destruir as paredes dilatadas da veia, fazendo com que ela se feche, expulsando todo o sangue acumulado e impedindo que ele volte a circular por aquele vaso.

Após a injeção de espuma, a pele pode ficar um pouco escura, por mais ou menos 90 dias. Mas, caso as manchas não desapareçam dentro deste prazo, o paciente deverá passar um tratamento dermatológico simples, apenas para ajudar a pele a se recuperar melhor.

Benefícios do tratamento de varizes com espuma

O tratamento de varizes com espuma vem conquistando várias pessoas, exatamente por ser um método tranquilo e pouco invasivo.

Por não ser uma cirurgia, não há necessidade de cortes, internação ou anestesia. Além de tudo isso, a recuperação também é tranquila.

Após o procedimento, o paciente pode ir embora caminhando, sem nenhum problema e sem a necessidade de ficar de repouso. A única recomendação é que ele use uma meia especial durante quatro semanas.

O custo benefício também é uma vantagem, pois o tratamento com espuma pode variar de R$ 300 até R$ 1.000 reais a sessão.

Riscos da injeção de espuma

Assim como a cirurgia de varizes, o procedimento com injeção de espuma também apresenta riscos. Entre eles, a trombose venosa profunda e a embolia pulmonar, o qual pode haver a formação de coágulos no sangue e atingir o pulmão.

Por isso, é muito importante, antes de qualquer procedimento estético ou cirúrgico, pesquisar a reputação do profissional e a segurança do local.

Sendo assim, caso queira realizar um tratamento de varizes com espuma, informe-se antes, pesquise, busque recomendações, converse com o médico, visite o local e confira se tudo está de acordo para que o procedimento seja realizado com sucesso.

Gostou do conteúdo? Então, siga nosso Facebook e compartilhe para que mais pessoas conheçam esse novo tratamento de varizes!

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *