Câncer de próstata: entenda o que é e como tratar!

Você já ouviu falar sobre o câncer de próstata? Se você é homem, a resposta, com certeza, é positiva. Temida por todos eles, essa doença exclusivamente masculina é o segundo tipo de câncer mais comum entre os homens brasileiros.

Assim como o Outubro Rosa, que visa propagar a informação sobre o câncer de mama e aumentar as taxas de casos de recuperação bem-sucedidas, o Novembro Azul busca conscientizar a população sobre essa doença silenciosa causadora da morte de milhares de indivíduos todos os anos, mas que, quando descoberta no estágio inicial, tem chances de cura bastante grandes.

Quer saber mais sobre o assunto e aprender como se prevenir? Continue a leitura e confira!

O que é o câncer de próstata?

A próstata é uma glândula encontrada apenas nos homens e que produz parte do fluido seminal. Seu tamanho pode variar, especialmente com a idade, sendo maior nos homens mais velhos. O câncer tem início quando as células prostáticas começam a crescer fora de controle, podendo se tornar cancerosas e se espalhar para outras áreas.

Quais são os principais sintomas?

Na maioria dos casos, há um progresso lento e os sintomas podem não aparecer até um estágio mais avançado. No entanto, alguns sinais podem servir de alerta. Entre eles, podemos destacar:

  • aumento da frequência urinária, principalmente durante a noite;

  • incontinência urinária;

  • sangue na urina ou no esperma;

  • diminuição na quantidade de esperma;

  • dores ao ejacular e urinar;

  • fluxo urinário fraco, normalmente na forma de gotejamento;

  • dificuldade de ter ereções;

  • dores ou dormências nos membros inferiores e nas costas.

É importante salientar que os sintomas acima também podem ser um sinal de outras disfunções prostáticas, como a hiperplasia prostática benigna ou a prostatite.

Quem está dentro do grupo de risco?

A atenção médica deve ser redobrada caso você se encaixe em um dos seguintes grupos:

  • possuir histórico familiar da doença;

  • ter mais de 50 anos de idade;

  • sofrer com a obesidade;

  • ter uma dieta rica em gorduras e calorias;

  • fumar;

  • ser constantemente exposto a produtos químicos ou radiação.

Como é feita a prevenção?

Como já mencionamos, o câncer de próstata é um carcinoma extremamente silencioso. Além disso, infelizmente, muitos dos fatores de risco não podem ser evitados.

No entanto, alguns cuidados podem diminuir o risco do desenvolvimento de câncer ou auxiliar no diagnóstico precoce da doença, o que aumenta drasticamente as chances de cura.

Para a prevenção, coma menos calorias e faça exercícios, visando manter um peso saudável. Além disso, maneire na ingestão de carnes vermelhas extremamente gordurosas. Prefira gorduras saudáveis, como carnes brancas e as de origem vegetal, como frutas e verduras.

Já para o diagnóstico precoce, o melhor modo é, sem dúvidas, fazer exames periódicos. A periodicidade será definida pelo médico, mas recomenda-se que todos os homens acima de 45 anos de idade façam um acompanhamento dos níveis de PSA e de outros pontos que devem ser observados.

Quais são os principais tratamentos?

O melhor tratamento vai depender de uma série de fatores, como o estágio em que a doença se encontra. Os principais métodos de tratamento são:

Hormonioterapia

O objetivo dessa terapia é reduzir os níveis de hormônios masculinos no organismo e impedir que eles afetem células cancerosas.

Vacinação

Um dos mais novos tratamentos para o câncer de próstata é o uso de vacinas que estimulam o sistema imunológico para ajudá-lo a atacar o câncer.

Radioterapia

A radioterapia usa raios ou partículas de alta energia para matar células cancerosas. Normalmente, é escolhida como tratamento para pessoas com reincidência da doença e cânceres mais avançados.

Quimioterapia

São usados medicamentos que entram na corrente sanguínea e agem em todo o corpo, tornando este tratamento potencialmente útil para cânceres que já estejam espalhados.

Cirurgia

No tratamento cirúrgico, a próstata e alguns tecidos próximos são removidos para a completa remoção do câncer.

Caso você apresente algum dos sintomas mencionados, faça parte dos grupos de risco ou tenha mais de 50 anos de idade, não hesite em procurar um médico. A prevenção é sempre o melhor remédio!

Se você gostou deste conteúdo sobre o câncer de próstata e quer ficar sempre informado sobre outras notícias sobre saúde, qualidade de vida e bem-estar, curta a nossa página no Facebook! Até a próxima!

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *