Cansaço excessivo de final de ano pode ser sinal de doença? Confira!

No fim de ano, é natural nos sentirmos mais cansados. Após um longo período de atividades, responsabilidades e afazeres, o corpo responde em forma de desânimo, incômodos e falta de concentração.

Contudo, é preciso ter muita atenção a esses sintomas. Cansaço excessivo pode sim ser sinal de doença. Se ele se manifestar de forma recorrente e com duração de duas a três semanas, a avaliação de um médico é fundamental.

Quer descobrir quais outros sintomas precisam de atenção e quais cuidados são necessários para evitar a sensação? Continue a leitura!

Quais são os principais sintomas de cansaço excessivo?

Com o organismo em total desequilíbrio, os sintomas de cansaço excessivo são diversos. Ele afeta diretamente o sistema imunológico, provoca oscilações de humor, causa falta ou excesso de sono e prejudica o apetite.

Além disso, você pode começar a sentir dores pelo corpo e perceber uma queda significativa em seu desempenho intelectual. O médico poderá identificar se esses sinais se desenvolveram em outras doenças por meio de exames, como o hemograma e os testes de glicemia e tireoide.

Quais doenças estão ligadas ao cansaço excessivo?

Ansiedade, excesso de trabalho e situações de estresse constantes são alguns dos principais motivos que levam ao cansaço excessivo. Em todos esses contextos, o indivíduo beira a exaustão, que contribui para a falta de sono e o esgotamento nervoso. Mas somente após o diagnóstico de um profissional você saberá se o cansaço excessivo que sente é motivo de alguma doença. As mais comuns são:

Diabetes

Como a glicose do sangue não consegue atingir todas as células do organismo, o cansaço se manifesta com frequência em quem tem diabetes. Somados à sensação, o diabético também sente dores musculares e sofrem com emagrecimento rápido.

Anemia

A anemia é causada pela falta de ferro no sangue. A ausência da vitamina é responsável pelo cansaço excessivo e pela sonolência. Mulheres devem ficar atentas, pois os sintomas se intensificam no período menstrual.

Problemas cardíacos

Quem tem histórico familiar de infarto e hipertensão precisa ficar alerta. A fadiga, a falta de ar e o cansaço podem ser sinais de que problemas cardíacos estejam se manifestando no corpo e o acompanhamento médico é fundamental.

Depressão

Preocupe-se caso o cansaço excessivo esteja tomando conta de sua mente e de seu corpo ao mesmo tempo. Caso isso interfira na execução de suas tarefas diárias e promova afastamento de familiares e amigos, pode ser que a depressão esteja afetando o seu organismo.

O que fazer para evitar a sensação?

Para começar, priorize uma vida saudável em todos os sentidos. Durma bem, mantenha uma alimentação rica e variada e pratique exercícios regularmente. Fazer consultas de rotina também ajuda a monitorar qualquer irregularidade que porventura se apresente no organismo.

No trabalho, tente alternar as atividades com pequenas pausas para renovar a energia e a concentração. Por fim, tente ao máximo ter horários regulares dentro de sua rotina, para que seu relógio interno se acostume aos hábitos e atue de maneira mais regrada. 

Como você pode ver, o cansaço excessivo atua de forma silenciosa e pode resultar em grandes transtornos para sua saúde. Portanto, fique atento e siga as recomendações para ter mais qualidade de vida e disposição.

Se este artigo foi útil para você, curta a nossa página no Facebook e tenha acesso a outras dicas e conteúdos como este!

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *