Como a sua saúde mental pode impactar na educação de seus filhos?

É comum que diversos cuidados referentes à saúde dos pais sejam abordados quando se trata da educação dos filhos: eles aprendem não só com as conversas e aulas, mas, sobretudo, com os exemplos.

Aspectos como alimentação, hábitos saudáveis, cuidados com o corpo e qualidade de vida estão sempre em pauta. O que muitos acabam deixando em segundo plano são os cuidados com a saúde mental e como isso pode impactar na criação e desenvolvimento das crianças.

Os cuidados com a saúde mental são fundamentais na vida pessoal e na vida relacional, especialmente quando os filhos estão envolvidos. O comportamento das crianças e dos adolescentes costuma refletir o relacionamento que eles têm com os pais. Se os pais seguem atentos à sua saúde mental, o impacto na educação dos filhos será completamente diferente. Entenda melhor fazendo a leitura deste post!

Quais os benefícios de cuidar da saúde mental?

Podemos dizer que se não cuidarmos das nossas emoções e cultivarmos os bons sentimentos haverá mais chances de que os outros pontos referentes à qualidade de vida sejam afetados de forma negativa. Nem mesmo mudanças na alimentação ou nos exercícios surtirão pleno efeito.

E, a partir daí, outros aspectos da vida começarão a se complicar, como as funções no trabalho, as questões financeiras e, claro, os relacionamentos. Ou seja, quando a saúde mental está bem cuidada, as frustrações e os problemas eventuais podem não ser pesados o bastante para nos fazer desistir das nossas metas, por exemplo.

A ideia de sucesso em tudo que fazemos não é desacreditada quando cuidamos de nossa saúde mental. Ficamos mais abertos a novas possibilidades e a oportunidades de sair da zona de conforto. Quando acreditamos em nós mesmos, conseguimos evoluir!

Muitas vezes, nosso organismo é afetado pela falta de saúde mental: sentimos dores no corpo, cansaço, mal-estar, fome excessiva. A mente fica tão agitada que relaxar se torna impossível. Logo, ficam prejudicadas também as noites de sono.

Os sentimentos mal-elaborados também podem desencadear enfermidades mais graves, como as cardiovasculares e até mesmo o câncer. Portanto, cuidar da saúde mental é fundamental para se manter saudável como um todo.

Como cuidar da saúde mental?

Um passo importante para cuidar da saúde mental é buscar ajuda de profissionais. A terapia é fundamental na compreensão dos pacientes  por meio da comunicação e de variadas técnicas que não envolvam o uso de remédios. Caso exista a necessidade, o psicólogo poderá encaminhar o paciente para um psiquiatra, que poderá prevenir, diagnosticar e tratar doenças mentais.

O trabalho do psiquiatra deve ser feito lado a lado com o psicólogo, levando em conta outras áreas da vida do paciente. Nesse caso, a indicação dos medicamentos serve como um alívio aos problemas até que a pessoa se sinta forte para lidar com a situação por conta própria.

Paralelo a isso, é importante cuidar também da saúde física! Exercícios físicos são uma ótima opção no combate, por exemplo, da ansiedade e da depressão. Eles também podem auxiliar o paciente a dormir melhor. As mudanças de hábito e o apoio de parentes e amigos são questões que precisam ser consideradas.

Como o cuidado da saúde mental impacta na educação dos filhos?

Cuidar adequadamente dos filhos é uma das exigências mais relevantes na vida de quem é pai ou mãe. Considerando que a saúde mental tem impacto direto nos nossos afazeres, fica claro que as relações entre pais e filhos podem sofrer um desequilíbrio.

As crianças menores são muito sensíveis ao ambiente familiar, então, convívios problemáticos podem alterar diretamente seu comportamento, sua alimentação e até seu sono.

É preciso buscar harmonia e equilíbrio, se quisermos ajudar outras pessoas. Com a saúde mental em dia, a educação das crianças é construída com mais paciência e compreensão. Quando os pais cuidam do bem-estar dos filhos e deles próprios, episódios explosivos podem ser evitados, e boas práticas na criação dos pequenos e dos adolescentes serão resguardadas.

Gostou das dicas do post? Assine nossa newsletter e receba outros artigos importantes como este!

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *