Como evitar a ressaca? 4 truques para não deixar ela te derrubar no Carnaval

Você já bebeu demais e sentiu aquele mal-estar no dia seguinte? Dor de cabeça, náuseas, boca seca e outros sintomas são indicativos fortes da temida ressaca. Quer saber como evitar a ressaca e não atrapalhar a folia?

Saiba mais sobre o assunto neste post e descubra alguns truques para que ela não te derrube. Acompanhe a leitura!

As principais causas da ressaca

As bebidas causam alterações sanguíneas que afetam o sistema nervoso e a hidratação do corpo. Todas a bebidas alcoólicas, desde as fermentadas às destiladas, provocam a dilatação dos vasos sanguíneos, causando reações do cérebro.

Os sinais da ressaca só costumam aparecer depois que o álcool saiu do organismo. Por isso, vale a pena entender quais são os principais efeitos e como evitar a ressaca.

Ressaca de vinho

Há quem diga que essa é a pior ressaca de todas, especialmente para quem não está habituado a beber vinho. A dor de cabeça é forte, os olhos ficam um pouco secos, e a sensação é que o rosto está pegando fogo.

Tudo isso porque, com a quantidade de vinho ingerida, o corpo produz e libera maior quantidade de histaminas. Isso é uma resposta às inflamações e alergias (devido à elevada concentração de álcool no sangue).

Ressaca de cerveja

A cerveja é a bebida preferida de muita gente durante o Carnaval. Ingerida em temperatura mais gelada durante o período de intenso calor, a quantidade, muitas vezes, pode passar do limite, sem que o folião se dê conta do perigo.

No dia seguinte, lá está a dor de cabeça. Pode haver ainda irritação no estômago e outras consequências da desidratação.

Ressaca de catuaba

A catuaba é uma bebida com conservantes, por isso sua ressaca também é bastante severa. Além disso, cada marca de catuaba pode ter uma composição diferente.

O mal-estar no dia seguinte acompanha dor de cabeça forte e também eventual tremedeira no corpo.

4 truques para saber como evitar a ressaca

O ponto principal para evitar a ressaca depois de beber é se preparar antes e também durante a ingestão de bebidas alcóolicas. O álcool em excesso sobrecarrega o fígado, que trabalha demais, mesmo quando você já não está mais embriagado.

A situação do fígado bagunça o metabolismo. Por isso, tomar cuidado ao beber é fundamental. Veja alguns truques que poderão ajudá-lo:

1. Coma bem antes de beber

Deixar a barriga vazia enquanto bebe é ruim. O ideal é “forrar” o estômago com um lanche antes de beber e comer alguma coisa enquanto estiver bebendo. Dessa forma, o álcool será processado junto com a comida, evitando dores de estômago.

Evite ingerir frituras, pois esses alimentos também sobrecarregam o fígado. O órgão já estará dando conta do álcool.

2. Beba muita água

Faça isso antes, durante e depois da bebedeira. A ingestão de água é fundamental para manter o organismo hidratado.

O álcool faz com que o corpo perca grande volume de água, que é um elemento fundamental para a realização de diversas funções. Sempre que possível, dê um gole de água entre uma bebida alcóolica e outra.

3. Não misture as bebidas

Escolha bem o que você vai beber. Alguns tipos de bebida têm efeito destruidor no seu bem-estar no dia seguinte devido aos componentes, como doses elevadas de açúcar, conservantes, entre outros.

Alguns ingredientes, se misturados, pesam nos órgãos que atuam para a desintoxicação da bebida. O pâncreas, por exemplo.

4. Beba moderadamente

Não exagere! Apesar da sensação de satisfação e alegria no início, a bebida em excesso faz com que a pessoa tenha os reflexos diminuídos, desenvolve problemas de coordenação e deixa a vista borrada. Com o consumo em excesso, há perda da consciência, e outros efeitos mais graves podem surgir.

Por isso, nunca esqueça: se beber, não dirija. Agora que você já sabe como evitar a ressaca, já pode garantir um Carnaval divertido, saudável, longe de acidentes e sem dores de cabeça.

O que achou dessas dicas? Para continuar recebendo outros conteúdos como esse, assine a nossa newsletter!

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *