O paradoxo francês

O consumo de lácteos fermentados, como os queijos, aceleram o metabolismo e contribuem para a longevidade humana, segundo um estudo realizado pela Aarhus University, da Dinamarca. A pesquisa partiu do questionamento sobre a tendência de vida saudável e longeva dos Franceses, mesmo mantendo uma dieta rica em gorduras saturadas. Os pesquisadores compararam urina e fezes de 15 homens, dentre os quais alguns haviam consumido queijo ou leite e os outros que não tinham ingerido produtos lácteos além da manteiga. Ao fim, os primeiros apresentavam taxas maiores de ácido butanóico, composto associado à redução da obesidade e metabolismo acelerado.

Posted in: