Prisão de ventre: entenda as causas, os sintomas e como preveni-la

Sua barriga está constantemente inchada? Sua pele está opaca e você está sempre mal-humorada? O problema pode estar no seu intestino. Você sabe o que é prisão de ventre?

O intestino é um órgão muito grande que possui diversas funções, entre elas estão absorver os nutrientes dos alimentos ingeridos e levar os resíduos não necessários ao corpo para fora do organismo. Quer entender mais sobre prisão de ventre? Então continue a leitura deste texto.

O que é a prisão de ventre?

Conhecida também como constipação intestinal e intestino preso, é reconhecida pelo esforço para evacuar. As fezes geralmente estão duras e os movimentos do intestino são intensos, causando fortes cólicas.

A causa mais comum é a má alimentação com pouca quantidade de fibras e líquido e o consumo exagerado de carnes e carboidratos refinados (como pães e biscoitos). O sedentarismo e segurar a vontade de ir ao banheiro também contribuem. Fatores emocionais e uso de alguns medicamentos também estão entre as principais causas do intestino preso.

Quando o intestino está livre, adoecemos menos, pois as toxinas do corpo são eliminadas, a pele fica brilhante e as espinhas diminuem. Até a balança diminui o ponteiro e a circunferência abdominal reduz de tamanho.  

Quais são os principais sintomas?

Ao contrário do que se pensa, poucas idas no banheiro não necessariamente são referências de intestino preso, pois essa frequência é muito pessoal. Os principais sintomas, são: 

  • esforço excessivo para evacuar;
  • dor durante evacuação;
  • fezes ressecadas;
  • gases;
  • estufamento abdominal;
  • cólicas fortes;
  • indisposição e mal-humor.

Evacuar menos de 3 vezes por semana junto com os sintomas acima podem indicar constipação intestinal. Procure o médico gastroenterologista: ele é capaz de fazer uma avaliação e requisitar testes que completem o diagnóstico. Além de exames de sangue, o profissional pode pedir estudo das fezes e colonoscopia (imagens do intestino grosso).

Como é feito o tratamento para prisão de ventre?

O tratamento, que também é a prevenção, constitui-se de dieta com muitas fibras, que estimulam os movimentos do intestino. Alguns dos alimentos mais indicados são: pão integral, folhas verde-escuras, frutas e legumes variados. É necessária também a ingestão de uma boa quantidade de líquidos, para que as fibras não fiquem estacionadas no intestino estimulando a constipação.

Outra dica é a prática de atividades físicas para induzir o peristaltismo. Exercitar-se também ajuda a diminuir tensões e estresse, o que facilita a ida ao banheiro.

O uso de medicamentos para ajudar a regular o intestino deve ser feito somente com indicação médica. Em farmácia de manipulação e lojas de medicamentos naturais você encontra alguns suplementos de fibras e chás que aliviam o problema, mas não tratam a doença.

Como conviver com o intestino preso?

Outras dicas caseiras para aliviar essa condição incluem massagem na região da barriga para acelerar o trânsito intestinal, o consumo de chá morno pela manhã, e a ingestão de frutas, preferencialmente com casca. Iogurte com ameixa, mamão ou suco de mamão com laranja antes de dormir também podem ser úteis. 

O intestino é um órgão extremamente importante para o corpo humano, se algo está errado com ele, o organismo logo sente. Manter-se saudável é a atitude mais indicada para prevenir as doenças, inclusive a prisão de ventre.

Sempre procure a ajuda de um profissional de saúde para que você seja bem orientada e evite tomar medicamentos por conta própria ou indicação de amigos. Entendeu um pouco mais sobre o que é prisão de ventre? Então aproveite para compartilhar o texto nas suas redes sociais para que mais pessoas recebam essas informações. 

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *