Quais as principais doenças do inverno e como evitá-las?

Assim como ocorre no verão, a estação mais fria do ano favorece o contágio e a disseminação de diversas enfermidades. As doenças de inverno são normalmente causadas por vírus e bactérias, que se aproveitam da aglomeração de pessoas em locais fechados para se espalharem.

Além disso, as características climáticas do período também contribuem para a contaminação de pessoas por esses micro-organismos. O tempo seco e frio faz com que alterações importantes ocorram no organismo, como a queda da imunidade, deixando as pessoas ainda mais suscetíveis a essas doenças.

Mas, afinal, quais são os problemas de saúde mais comuns durante o inverno? É possível preveni-los e aproveitar o frio com segurança? Confira as respostas para essas perguntas a seguir. Boa leitura!

Gripes e resfriados

A confusão entre os dois problemas não é incomum e, de fato, ambos contam com sintomas bastante parecidos. A diferença está, de forma resumida, na intensidade dos sinais. A gripe causa problemas mais sérios e está normalmente acompanhada por febre, enquanto o resfriado é mais brando e resolve-se com mais rapidez.

A prevenção de gripes e resfriados é bastante difícil, pois são vírus de fácil contaminação. No entanto, cuidar do sistema imunológico é sempre a melhor opção. Por isso, faça refeições equilibradas e capriche no consumo de vitamina C durante o inverno!

Pneumonia

A pneumonia é uma das doenças de inverno mais sérias e pode, infelizmente, levar os pacientes à morte. Esse problema tem várias origens, sendo a complicação de gripes uma das mais comuns. Nesses casos, a inflamação das vias respiratórias migra para os pulmões.

Originada por conta de vírus, bactérias ou, até mesmo, fungos, o tratamento depende bastante do caso. A prevenção inclui investir no fortalecimento do sistema imunológico, tratar gripes e outros problemas com atenção e evitar locais fechados durante o inverno.

Rinite

De modo simplificado, a rinite pode ser definida como a inflamação das mucosas que revestem o nosso nariz. Esse problema traz sintomas bastante desconfortáveis, que incluem a coceira e, até mesmo, dor forte na região. Na maioria das vezes, ela é causada por reações alérgicas, que são intensificadas durante o inverno por conta da baixa umidade do ar.

Para prevenir esse problema, é importante sempre se manter distante dos fatores que causam a alergia. Outra dica bacana envolve a hidratação manual da mucosa, feita com o auxílio de soros nasais.

Otite

A dor de ouvido é tida por muitas pessoas como uma das piores, por conta de sua proximidade com a cabeça e das diversas terminações nervosas que estão na região. Esse é o principal sintoma da otite, infecção que normalmente se inicia na garganta e migra até os ouvidos.

A otite pode ser prevenida com cuidados com os ouvidos, especialmente em determinados momentos, como mergulhos, ou com a limpeza do canal. No caso de infecções secundárias, a dica é levar infecções de garganta muito a sério e tratá-las da forma adequada, evitando que o problema evolua.

Agora que você já conhece as principais doenças de inverno e sabe como é feita a prevenção de cada uma delas, não fique aí parado! Tenha os cuidados necessários, invista em check-ups preventivos e capriche na alimentação durante essa estação, para curtir suas férias com saúde e muita disposição.

Para saber ainda mais sobre um dos sintomas mais desagradáveis das doenças de inverno, confira nosso artigo sobre as causas da dor de garganta e saiba como tratá-la!

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *