Saiba o que é mastologia e qual sua importância na saúde da mulher

O acompanhamento médico específico se faz necessário assim que o corpo feminino começa a se desenvolver. Porém, muitas mulheres dedicam seu foco apenas aos cuidados ginecológicos, e acabam se esquecendo de dar a devida atenção a outras especialidades.

Para que a saúde da mulher esteja em dia, é preciso que outros médicos também entrem em cena. Dentre eles está o mastologista, um profissional que é lembrado, na maioria das vezes, somente quando surge o desejo de moldar os seios.

Mas você realmente sabe o que é mastologia? Por estar diretamente ligada a questões de saúde, e não apenas de estética, ela não deve ser ignorada. Para tirar suas dúvidas a respeito do assunto, continue a leitura e saiba mais!

O que é mastologia?

A mastologia abrange os mais diversos cuidados relacionados às glândulas mamárias. Logo, o mastologista — profissional responsável por essa especialidade — está apto a identificar doenças e demais manifestações anormais nas mamas.

Sua habilidade também envolve as cirurgias mamárias, sejam elas estéticas ou por motivos de saúde. Além disso, ele auxilia a mulher no conhecimento da mama, o que possibilita que ela mesma possa perceber qualquer eventual irregularidade nos seios.

A consulta a um mastologista abrange, além dos exames comuns de toque, uma entrevista para verificar o histórico da paciente. Em seguida, o médico pode solicitar exames complementares, como a mamografia, a ressonância ou a ultrassonografia.

Se for achado algum nódulo, o mastologista prossegue o tratamento com um procedimento chamado punção. Por meio dele, uma biópsia é realizada para definir se é maligno ou benigno e, posteriormente, existe um novo encaminhamento para exames de tratamento.

Quando se deve procurar um mastologista?

A partir dos 20 anos de idade, toda mulher deveria visitar anualmente um mastologista de sua confiança. Mas, sempre que surgir alguma dúvida ao realizar o autoexame, uma consulta já pode ser agendada, seja qual for a idade.

O exame de mamografia precisa ser cumprido a partir dos 40 anos, também anualmente, e as consultas de rotina podem ser marcadas a cada dois anos, a partir dos 50 anos. Caso a mulher faça parte de grupos de risco, o acompanhamento deve ser mais frequente e será definido de acordo com o diagnóstico do mastologista.

Quais doenças são tratadas por ele?

O câncer de mama é a principal doença que pode ser tratada pelo profissional de mastologia. Entretanto, a identificação de caroços, a realização de biópsias e a avaliação antes de qualquer cirurgia mamária relacionada ao câncer também são feitas por esse médico.

O mastologista também deve ser consultado por homens, caso constatem qualquer incômodo ou desejem realizar uma ginecomastia — patologia referente à hipertrofia mamária, que é o crescimento incomum da mama. Os implantes de silicone também fazem parte da especialidade, assim como a diminuição das mamas.

Quais são os benefícios da consulta para a prevenção?

O diferente estilo de vida da mulher moderna — como gravidez tardia, por exemplo —, quando comparado às gerações anteriores, acaba refletindo no comportamento do corpo. Nesse sentido, os diagnósticos de câncer de mama têm surgido em mulheres mais jovens com cada vez mais frequência.

Por isso, é muito importante que exames periódicos e consultas de rotina sejam marcados corretamente para que qualquer sinal de câncer seja identificado o quanto antes.

Pronto! Agora que você sabe o que é mastologia em detalhes, já pode programar uma consulta para se cuidar melhor. E, caso já possua esse hábito, deixe um comentário abaixo, contando a sua experiência para inspirar outras mulheres!

 

Posted in:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *